Telenovelas latino-americanas que marcaram toda uma época

Apesar da tela pequena, as cadeias de televisão espanholas começaram a dar-lhe relevância em suas agendas para as ficções próprias, neste blog, queremos dedicar a uma nova aquelas famosas telenovelas latino-americanas por que a “tv” depois de comer, fez-se indispensável, já que marcaram toda uma época e até, talvez, serviram como referência para dar o seu nome a um de seus filhos/as.
Neste maravilhoso revisão no topo da lista, como não poderia ser de outra forma, nesse caso, por que sofremos, e padecimos milhões de espectadores de todas as idades, diria mesmo que até homens e mulheres. Como você pode imaginar, estamos falando de Vidro, telenovela venezuelana que começou a ser exibida em Portugal em finais de 1989 e 1990, havia conquistado milhões de lares espanhóis. Seus protagonistas, Carlos Mata e Jeanette Rodríguez, nos mantiveram apegados à sua pequena tela por mais de 250 capítulos.
A Dama-de-Rosa: aproveitando a popularidade dos protagonistas de a recém-citada série, A Dama-de-Rosa foi a novela que substituiu Vidro quando esta acabou, como não podia ser de outra maneira, com um final feliz. Diz ela que é uma versão livre de Os Miseráveis de Victor Hugo.
Os ricos também choram: foi a primeira telenovela mexicana que foi marcada na TVE, em 1986. Centrada na história de amor entre a humilde Mariana e o rico, Luis Alberto, este drama catapultou para a fama a seu protagonista, Verónica Castro.
Laços Cor-de-Rosa: nesse caso foi uma novela mexicana que chamou a atenção dos tele espectadores, causando um grande alvoroço lá por 1994. Graças a esta série um monte de adolescentes sonhamos com que nos tornemos patinadoras.
Betty A Feia: Mas esta novela é originalmente colombiana, foi regravada várias vezes. Em 2010, entrou para o livro Guinness World Records como a novela mais bem-sucedida da história, ao ser emitido em mais de 180 países, ser dobrado para 25 idiomas e, ao contar com, pelo menos, cerca de 28 adaptações ao redor do mundo.
De facto, em Portugal também tivemos a nossa própria Betty A Feia e até a seguimos nombrándo de forma habitual quando queremos descrever aquelas pessoas que já seja pelo uso de óculos ou aparelho dentário se parecem com o protagonista da famosa série.
No entanto, para além destas séries, foram muitos os culebrones que inundaram nossas casas em desktops. A fórmula muitas vezes repetida: mulher como protagonista, que passa por dificuldades em sua vida e quando finalmente consegue sobreviver acaba se apaixonando do homem impróprio e tanto ela como nós acabamos sofrendo muito por isso.

Posted in Sem categoria