Conhecendo a Raj Kapoor, o “Charles Chaplin” da Índia

É por muitos já sabido, que a indústria cinematográfica da Índia é tanto ou mais importante do que a do próprio Hollywood, especialmente se falamos em termos numéricos, tendo em conta que a Índia tem 73% das receitas de edição de filmes na área da Ásia – Pacífico.

No entanto, no Ocidente, não tivemos conhecimento da importância que tem o cinema indiano até há relativamente pouco tempo, e foi, sobretudo, com o “boom” que Bollywood causou há poucos anos, entrando de moda e dando-se a conhecer na Europa. Mas o certo é que a história do cinema indiano remonta aos anos 30, quando o número de filmes ultrapassava a centena por ano.
Em todos estes anos, a indústria cinematográfica da índia, foram vários os personagens em destaque, mas nós quisemos deter-nos neste post a estudar a figura de Raj Kapoor, dada a sua semelhança com o nosso mais que conhecido “Charles Chaplin”.
Graças a sua personagem como Raju, desde o filme “Awaara” (1951), a “Mera Naam Joker” (1970), Raj Kapoor se tornou mundialmente conhecido por criar a figura de um pobre homem confinado a múltiplas adversidades ao longo de sua vida.
Na verdade, Raj Kapoor nunca foi um vagabundo ou um homem pobre, a despeito de seu incrível autenticidade na tela. Nasceu em 1924, na cidade de Peshawar, na então colônia britânica que era a Índia no seio de uma conhecida família hindu punjabi de artistas. Seu pai era uma lendária figura de teatro e cinema indiano e patriarca da dinastia cinematográfica de Kapoor.
Como Chaplin, cujos pais eram artistas de Music Hall, em Londres, Raj Kapoor também usava a atuação no sangue. Começou a aparecer em filmes, quando apenas tinha 11 anos, apesar de seus grandes papéis chegaram a final dos 40 tornando-se uma grande estrela nacional em 1951, graças a “Awaara”, filme que mistura com perfeição todos os elementos do melodrama, em que o menino pobre que se apaixona pela garota bela e rica. Neste filme além Kapoor cria um ícone visual diretamente inspirado no personagem de Carlitos, sendo isso o que deu popularidade.
Este filme chegou a ser considerada uma das mais famosas de todos os tempos durando seu sucesso vários anos e em vários países e a sua canção Awaara no mesmo ano (eu Sou um vagabundo) foi um sucesso internacional e sua letra foi traduzido para vários idiomas.
A forma em que Raj Kapoor canta e dança nas ruas com seu frustrado e um velho chapéu e seus míticos calças com o baixo carregado, fizeram com que esse personagem um ser cativante e irresistível.
Em suma Raj Kapoor foi uma grande influência para o cinema indiano durante muitas décadas e até hoje não voltou a ter um equivalente em sua indústria cinematográfica.

Posted in Sem categoria